No início do ano o Pat respondeu 50 perguntas dos seus fãs no blog do 8123. As perguntas variaram entre a passagem de ano e o próximo álbum. Nós traduzimos todas as perguntas para vocês, mas já adiantamos que a leitura é bem longa!

Olá, todo mundo, Pat Kirch aqui! Eu respondi 50 de suas perguntas. É um pouco de leitura mas eu espero que vocês gostem.

1. Ligi perguntou: O que você espera de 2013?

Pat: Eu acho que vai ser outro ano de crescimento pra mim como uma pessoa e pra nós como uma banda. Vai ser o primeiro ano desde o primeiro ano que nós começamos nossa banda que temos controle de 100% do que fazemos. 2012 chegou super perto disso mas ainda tínhamos que trabalhar com uma gravadora de algum jeito. Nós vamos expandir e crescer o que nós fazemos musicalmente em álbuns, nossos shows ao vivo e experiência, junto com todas as outras coisas que nós fazemos como uma banda, saindo de só gravar músicas e nossas turnês serão expandidas e melhoradas. É um momento muito animado pra ser parte disso e de estar vivo no geral.

 

2. Nicoll/Brittany McNicoll perguntou: Quando nós podemos esperar os vinis serem lançados? E quanto você acha que eles vão custar?

Pat: Pra ser 100% honesto com você, eu não tenho certeza quando a gente vai lançar um vinil mas eu posso te falar que isso vai acontecer e nós estamos trabalhando também em algumas idéias de como lançar os álbuns mais antigos em vinil. Tudo que se resume a nós agora é apenas liberar o DVD e nos prepararmos para o novo livro, portanto o vinil foi colocado em espera apenas por um momento. Eu sei que isso não faz muito bem o trabalho de responder a sua pergunta mas eu sei que isso está a trabalho e irá acontecer, vira no momento certo.

 

3. Gissy perguntou: O que você fez no ano novo?

Pat: Tim fez uma festa na casa dele então eu fui pra lá. Foi divertido/legal…. Eu espero que você tenha tido uma noite legal!

 

4. Alyssa Paulsen perguntou: Quais são as minhas chances de algum dia ouvir “Life Like This” ou “Untangle Me” ao vivo?

Pat: Ahn, eu não estaria tão contra em tocar essas mas eu não sei se todos concordariam, mas eu não as descartaria. Escolher que músicas tocar ao vivo está ficando tão difícil com cada vez mais musicas, nós fazemos o melhor pra tocar um mix de tudo e balancear entre o que nós queremos tocar e o que vocês querem ouvir. Algum dia nós temos que fazer uma turnê onde nós tocamos por tipo, 4 horas, e daí a gente consegue tocar cada música que nós já escrevemos e todos nós ficamos satisfeitos, haha.

 

5. Tessa perguntou: O que você faz quando pensa em desistir da vida?

Pat: Eu nunca cheguei em um ponto da minha vida onde eu não queria estar mais vivo mas eu já tive vários momentos onde eu já quis desistir de certas coisas. Eu me coloco muita pressão/estresse por estar nessa banda e nós tivemos momentos muito breves de quebrar tudo e querer desistir mas esses pensamentos foram embora rapidamente. Eu nem acho que isso é um pensamento real, sabe, quando você fica sobrecarregado na vida e só quer ficar deitado na cama pro resto da sua vida. Pode acontecer algumas vezes para os melhores de nós… Eu suponho que eu só me acalmo e tento descubrir porque eu estou tão estressado e tento resolver um problema de cada vez. Isso sempre funciona pra mim.

 

6. Lauren/Allie Dalton/Tesa perguntou: Alguma idéia do título ou capa do CD?

Pat: John geralmente tem algumas idéias pra um título antes de a gente ir pro estúdio e não foi diferente dessa vez mas existem algumas idéias surgindo então eu não quero dizer nada tão cedo. Tudo pode mudar, sabe?

 

7. Kaitlyn perguntou: Cover novo a qualquer momento? Como está o álbum #4, quantas músicas?

Pat:Nós estamos no modo escrita então nós não conversamos realmente sobre fazer algum cover mas isso é algo que eu tenho certeza que faremos para os shows ou versões gravadas, assim que terminarmos o álbum. Covers são divertidos, é um jeito completamente diferente de tocar música. Eu acho que nós tentaremos e faremos mais covers quando nós voltarmos pra estrada. Nas últimas turnês, nós temos tocado muito Neil Young, Ryan Adams, The Rolling Stones, Jimmy Eat World e muitos outros covers durante a passagem de som por diversão, então talvez algum desses pudesse ir pra setlist!

 

8. Sophie/Lauren Taylor/Morgan perguntou: Quais seus projetos de ano novo?

Pat: Eu meio que comentei sobre isso em um post no tumblr no outro dia mas eu não tenho projetos de ano novo e nunca tive. Eu prefiro pensar que tenho que tentar e definir metas e coisas para alcançar todos os dias, seja algo grande ou pequeno. Eu acho que isso funciona para um ‘peep’ por ter algo grande como uma mudança de ano para fazê-los repensar as coisas, mas eu acho que isso simplesmente não funciona para mim. Eu espero que você cumpra todos os seus objetivos de qualquer maneira!

 

9. Abeer perguntou: Estou super animada para o novo álbum! Quando vocês vão voltar a trabalhar nele de novo?

Pat: Nós vamos voltar a trabalhar nas demos nos próximos dias e depois nós vamos para uma cabine no norte do Arizona pra escrever mais. Então nós voltaremos pra Phoenix e escreveremos um pouco mais e depois, esperançosamente, gravaremos o álbum! Ah, e para a pessoa da pergunta de cima, nós temos por volta de 14 demos gravadas no momento e muitas outras idéias pra trabalhar nas próximas semanas.

 

10. Gissy perguntou: Turnê no verão?

Pat: Eu não quero dizer nada com certeza mas eu acho que é seguro dizer que nós voltaremos para estrada no verão em algum lugar desse mundo no qual vivemos! Uma vez que nós começarmos de novo, vai ser sem parar. Eu quero tocar pra todos vocês de novo e passear…

 

11. Jaelle perguntou: Você está orgulhoso do progresso que vocês estão fazendo com esse álbum? E você está animado pra compartilhar isso com todos nós?

Pat: A resposta mais curta é sim e sim! As coisas estão indo ótimas e nós estamos trabalhando em planos para gravar, o que está me deixando ainda mais animado que isso vai se tornar um álbum de verdade. Eu mal posso esperar pra dividir isso com vocês, eu acho que vocês vão gostar das novas músicas e elas devem ser legais pra tocar ao vivo. A coisa sobre estar nessa etapa de um álbum é que ainda pode ir pra direções diferentes e você não sabe realmente que tipo de álbum você vai fazer até começar a gravar. Eu acho que John está escrevendo as melhores músicas que ele algum dia já escreveu, e as mais honestas, e esse é o melhor ponto pra começar então eu tenho certeza que as coisas vão ficar ótimas!

 

12. Meg perguntou: Você pegou o último post do instagram da banda do tumblr? Tipo tumblr de um fã? Porque eu acho que era meu. Feliz ano novo!

Pat: Sim, eu peguei, haha. Obrigado por postar aquilo. Eu sempre roubo coisas de vocês, pessoal, me desculpem mas vocês todos postam coisas legais sobre nossa banda então eu gosto de dividir isso. Obrigado pelo apoio.

 

13. Victoria perguntou: O que você espera realizar em 2013 na banda e na sua vida?

Pat: Eu espero fazer um ótimo álbum e então fazer uma turnê pelo mundo e encontrar várias pessoas. Eu espero que nós possamos fazer as coisas do nosso jeito e continuemos a fazer o que parece e não simplesmente o que as pessoas acham que vai ser bem sucedido. Para mim, eu quero ter certeza que estou tendo os melhores momentos na vida.

 

14. Meghan Parker perguntou: Oi, Pat! Feliz 2013! Você leu o scrapbook que nós te demos em San Francisco? Faria o começo do nosso 2013 se você tivesse lido!

Pat: Olá! Sim, eu li, muito obrigado por juntar tudo. Nós somos muito sortudos de ter fãs como vocês, que se importam tanto com a música e com o que nós fazemos como uma banda. O sentimento é recíproco, nós somos mais agradecidos do que eu tenho palavras pra explicar.

 

15. Jade Beal perguntou: Você contribue para as letras ou é mais o John que faz a parte de escrita das músicas?

Pat: Todas as letras saem do John. É tudo o cérebro dele.

 

16. Gabs G. perguntou: Quais são seus desejos para 2013? Amo você, beijos.

Pat: Eu desejo que algumas pessoas sejam mais “mente aberta” e aceitassem e entendessem que todos nós somos pessoas, não importa nossas diferenças. A pessoas ficam tão presos em suas formas (inclusive eu mesmo) mas o fato que algumas são tão contra coisas como casamento de pessoas do mesmo sexo me deixa doente.

 

17. Phoebe P. perguntou: Vocês virão fazer um show em Huntington Beach algum dia?

Pat: Isso seria incrível, é um ótimo lugar. Espero que aconteça em 2013.

 

18. Hannah perguntou: O que nós podemos esperar de vocês em 2013?

Pat: Álbum novo, turnês, e aumentar tudo o que nós fazemos de uma forma criativa. Eu acho que nós estaremos aptos para fazer as coisas de forma diferente como nunca antes e realmente começar algo emocionate, mesmo que só dê certo para nós e nossos fãs. Eu acho que a gente vai tentar e quebrar a forma de como as pessoas pensam que as coisas tem que ser feitas na indústria. Também, eu acho que o tanto de músicas que nós vamos começar a lançar vai aumentar esse ano!

 

19. Leda Almeida perguntou: Como você fica quando está bêbado?

Pat: Haha, ahn, eu acho que eu fico mais falante e indisciplinado… É meio que um evento raro, o que é provavelmente bom, haha.

 

20. Hev perguntou: O que é mais gratificante de estar em uma banda?

Pat: Ver o quanto isso mudou nossas vidas e fez o mesmo para algum de vocês é encorajador. Eu acho que trazer felicidade para as pessoas e um pouco de sentido por estar satisfeito por um momento é algo que não muitas outras coisas atrás da musica podem fazer. Estou feliz de ser parte disso com todos vocês.

 

21. Angel Snyder perguntou: Vocês estão planejando lançar um ‘Keepsake Book’ do Pioneer assim como vocês fizeram com o “Black & White”? Ou vocês ainda estão procurando lançar o Pioneer em vinil?

Pat: Não, nós não temos nenhum plano de fazer isso, nós tentamos fazer algo diferente com cada álbum e não repetir as mesmas coisas mas nós estamos trabalhando em um novo livro chamado “Roads” que vai conter bastante fotos e informações sobre a era Pioneer do The Maine. Isso mostra basicamente nós nos ultimos 5 anos.

 

22. Beth perguntou: Por volta de que mês você acha que vocês farão uma turnê na América do Norte? Tenho que se salvar meu £ £ £ (Euro) ou eu acho que $ $ $ (Dolar) já que agora estou finalmente saindo da dívida das duas últimas turnês.

Pat: Eu não tenho certeza mas como eu disse antes, eu não vejo porquê nós não estaríamos na estrada no verão, mas nós não resolvemos tudo ainda. Estamos focando nas músicas agora e vamos resolver isso depois que terminarmos. Afinal, nós precisamos de um disco que estejamos orgulhosos antes de ir para tour.

 

23. Amber/Tyra perguntou: No que você mais está animado para o novo álbum e para a turnê? Além disso, você acha que o som do quarto álbum será muito diferente do Pioneer?

Pat: Eu estou animado pra ser livre e ter um bom momento tocando músicas na qual estamos orgulhosos. Respondendo a segunda pergunta, eu não tenho certeza ainda. Eu acho que nós vamos abordar esse álbum um pouco diferente no sentido de que quando fizemos o Pioneer nós gravamos durante um longo período de tempo e em muitas sessões de gravação diferentes e com isso, isso tudo será só um pensamento. Musicalmente eu acho que vai ser o próximo passo lógico e natural!

 

24. Cat perguntou: Oi, Pat, feliz ano novo. Você beijou alguém meia-noite?

Pat: Não….. Feliz ano novo pra você também. Espero que você tenha beijado.

 

25. Rachel perguntou: Oi, Pat! Você acha que as músicas que não foram lançadas do Pioneer, como “Our Street”, vão ser lançadas algum dia? Eu ouvi “Our Street” em Dublin em 2011 e estou morrendo pra ouvir ela gravada desde então!

Pat: Nós temos uma versão gravada de “Our Street” mas é isso. Eu poderia ver essa musica em um disco em algum momento, não no próximo álbum a partir de agora, mas é uma musica divertida. Queremos trabalhar em uma nova maneira para sermos capazes de liberar músicas como essa, aquelas que talvez não se encaixam em qualquer um dos nossos álbuns. 2013 será o ano de músicas para o The Maine.

 

26. Carla perguntou: Como o processo de gravação e de escrita desse ano diferencia do Pioneer? Tipo, é mais fácil sabendo que vocês não precisam produzir algo que tem cumprir os critérios de grandes gravadoras ou o que?

Pat: Nós ainda temos que iniciar o processo de gravação, sendo assim, eu acho que é difícil dizer ao certo. Nós estaremos gravando o álbum em um único período de tempo e não simplesmente em pedaços diferentes como nós fizemos no Pioneer, então eu tenho certeza que efetuará as coisas um pouco e talvez fazer um som mais fluente. Tanto que a escrita está indo bastante como o processo que fizemos em Pioneer, John trouxe algumas ideias e todos nós trabalhos com elas. Desta vez não temos a pressão de uma gravadora e não tivemos realmente em Pioneer porque não falamos a eles que nós estávamos gravando mas eu suponho but que no fundo de nossas mentes nós sabíamos que, eventualmente, iriamos apresentá-lo a gravadora. Desta vez nós só sabemos que temos que aproveitar isso, eu acho que vai ser ainda mais de um processo de gravação libertadora e criativa.

 

27. Com quem você estava sentado na última noite?

Pat: Aquele é o Jimmy na foto que eu acho que você está falando.

 

28. Karina perguntou: Vocês estão pensando em fazer uma turnê de verão para o próximo álbum?

Pat: Talvez!!!!! Suponho que isso só depende do tempo que vamos precisar para terminar o álbum mas seria legal.

 

29. Amanda Caputo perguntou: Aonde você acha que estaria se não fosse pelo The Maine?

Pat: Essa é tão difícil porque eu comecei a tocar nessa banda quando tinha 16 anos e desde o primeiro dia eu sabia que era o que eu queria fazer pelo resto da minha vida. Eu nunca pensei em fazer outra coisa. Meu único palpite é que se eu não estivesse nessa banda, eu estaria em outra.

 

30. Gabby Brown perguntou: Qual é a melhor parte de lançar um álbum?

Pat: Eu acho que o dia que o álbum é lançado é muito estranho porque todas as suas preocupações meio que vão embora. As pessoas vão tanto gostar quanto não gostar do que você criou e isso não cabe mais a você, o álbum não é só seu pra curtir mais, é pra quem quiser. É ótimo deixar isso livre e ver como as pessoas reagem, sabe? Você trabalha meses e meses em algo e pensa em cada pequeno detalhe e uma vez que foi lançado você não pode voltar e mudar nada, isso é o que é. Pra realmente responder sua pergunta, acho que é o fato das pessoas poderem ouvir o que você tem trabalhado duro.

 

31. Raquel perguntou: Qual uma das suas melhores memórias da infância?

Pat: Essa é difícil porque eu tenho uma memória horrível quando se trata da minha infância e de lembrar de momentos específicos. Eu acho que só a idéia de ser jovem e inocente é ótima. Você não tem o estresse da escola ou nada parecido, você só se diverte e é despreocupado, é uma época boa que eu espero que eu volte algum dia. Eu acho que eu provavelmente vivo uma vida próxima disso, onde eu não preciso responder a um chefe ou algo do tipo mas eu coloco bastante pressão em mim mesmo todos os dias.

 

32. Gabriela R. perguntou: A música que vocês estavam ensaiando no clipe #3 já está pronta? Eu sei que nós só tivemos a oportunidade de ouvir 15 segundos dela mas parece que é boa!

Pat: Obrigado! Sim, essa música está completa (por enquanto). Eu estou muito animado em questão do material que nós temos e nós vamos apenas adicionar à lista.

 

33. Gloria perguntou: Quantas músicas você acha que vão de verdade para o álbum das que vocês escreveram até agora?

Pat: Além de que nós temos escrito em uma boa quantidade, nós estamos muito animado e acho que eles ocupam o lugar que o album precisa, não tenho certeza sobre o número exato. Eu acho que nós ainda temos algumas músicas para escrever pra fazer ele um álbum completo mas eu acho que nós já sabemos quais vão ser as primeiras e as últimas músicas, o que já é um bom lugar para se trabalhar.

 

34. Kaitlin perguntou: O que inspirou vocês a fazer um novo livro e quando nós podemos esperar que ele esteja concluído?

Pat: Fazer outro livro estava no plano faz tempo e esse é o motivo de nós termos trazido Dirk Mai na estrada com a gente por todos esses anos. Esse livro vai capturar como era nos primeiros cinco ou seis anos de estar nessa banda, então vai ser uma coisa boa de ter e isso meio que deixa Pioner sendo o fim/inicio de algo, então eu não quero estipular uma data mas a idéia é lançá-lo antes do novo álbum.

 

35. Morgan G. perguntou: Qual é a sua parte favorita de estar em uma banda?

Pat: Tudo! Fazer shows, escrever músicas, gravar músicas, conhecer as pessoas que apóiam o que nós fazemos, viajar. É tudo ótimo e sim, pode ser difícil as vezes. Isso é tudo o que eu quero fazer pelo resto da minha vida.

 

36. Marissa perguntou: O quão bêbado você estava na ultima noite?

Pat: OMG! Como um louco, você não tem noção…

 

37. Meghan perguntou: Quanto pêlo facial terá na capa desse álbum?

Pat: Haha, boa pergunta. Provavelmente bem pouco.

 

38. Allison Theisen perguntou: Vocês virão pra Dallas em 2013?

Pat: Sim! Até lá.

 

39. Maria C. S. perguntou: Quando você acha que o novo álbum vai ser lançado?

Pat: Eu não tenho certeza, mas vamos ter uma idéia melhor assim que entrarmos no estúdio e entrar em um fluxo de coisas. Eu acho que não vai demorar muito para lançar uma vez que for gravada. Vamos lançar o mais cedo possível!

 

40. Mica perguntou: Primeira música que você ouviu em 2013?

Pat: Eu não lembro, eu estava em uma festa então qualquer coisa que estava tocando no momento.

 

41. Amber perguntou: O que você fez pra comemorar o ano novo?

Pat: Eu acho que já respondi uma pergunta como essa mas não consigo lembrar agora, eu fui pra casa do meu irmão Tim pra uma festinha. Foi uma noite legal.

 

42. Clarissa perguntou: Os guitarristas escrevem a maior parte das letras ou você escreve também? E também, você sabe tocar guitarra?

Pat: John escreve todas as letras, e sim e não… Eu consigo tocar alguns acordes e dedilhar mas é assim que se toca. “Eu consigo e não consigo” significa tocar guitarra como um guitarrista mas talvez eu consiga enganar alguém se eu só ficar nos três acordes que eu mais sei tocar.

 

43. Gabs G. perguntou: Você pretende fazer outro DVD? Te amo, Pat!!!!

Pat: Sim, eu tenho certeza que faremos! Nós não planejamos realmente esse tipo de coisa, a idéia de fazer algo assim vem quando será um momento que queremos capturar ou uma mensagem que estamos tentando transmitir. Nós continuaremos a lançar coisas fora apenas albuns, então sim, em algum momento de nossa tragetória outro DVD virá.

 

44. Existe alguma possibilidade real de The Maine e This Century virem pro Brasil juntos esse ano?

Pat: Eu amaria! Só é um pouco cedo para fazermos planos de turnê porque estamos focando na música mas seria muito divertido.

 

45. Meghana Mandala perguntou: Qual foi sua melhor lembrança de 2012 (ano passado)?

Pat: Se eu tivesse que escolher apenas uma, seria o show de São Paulo do DVD. A energia da casa foi incrível e filmar um DVD sempre foi um sonho meu.

 

46. Lisa perguntou: Como o Pioneer mudou a sua vida, além dos seus outros albuns?

Pat: Eu abri a minha mente com a idéia de que nós podemos fazer as coisas do nosso jeito e funcionar. Nós podemos fazer um álbum que nos deixe orgulhosos e fazer as coisas do jeito que a gente sente que é honesto, e assim pode ser como nós podemos trabalhar. Mudou como a nossa banda vai crescer no futuro, fez isso, então nós quebramos o molde de estar em uma gravadora e aderindo a esse sistema. Nos abriu pra novas idéias que sempre queríamos ver completas. Agora o que nós queremos fazer é uma realidade.

 

47. Ligia perguntou: Alguma coisa que você aprendeu em 2012 que vai levar pra sua vida em 2013?

Pat: Se você acredita muito em alguma coisa, vá em frente e não volte.

 

48. Meghan Parker: Oi, Pat! Obrigada pelas atualizações! Quando você fará seu próprio Q&A como Kennedy fez?

Pat: De nada! Eu vou fazer um próxima semana.

 

49. O que você espera do novo álbum?

Pat: Eu acho que vai ser outro processo de crescimento para nós e levando tudo que aprendemos ao passar dos anos fazendo nossos albuns juntos. Além de todas as novas influências que todos nós temos juntos. Eu acho que realmente vai ter um “som” e “tom” que é específico para este álbum.

 

50. Szilvi perguntou: Qual foi o ponto alto do seu ano?

Pat: Eu acho que é o mesmo que o meu momento favorito mas olhando de volta para o ano, eu vou sempre me lembrar desse ano em específico como o ano que mudou tudo para nós e o começo de um novo começo. Eu vou lembrar dos fãs incríveis que nós temos e como eles fizeram esse álbum uma realidade. Eu nunca vi nada parecido como todos vocês atrás de nós em 2012 e eu só posso torcer para que supere em 2013.

 

Se você leu tudo até o final. Uau.

Obrigado, gente!

 

Com amor,

Pat.