Na quarta-feira, Pat respondeu várias perguntas no PushPage da banda, contando sobre seus sonhos antigos, sua carreira, coisas pessoas e muito mais. Confira a baixo as perguntas e respostas traduzidas:

Qual foi a decisão mais difícil que você teve que fazer em sua carreira?
Quando fizemos o nosso último álbum, nós fizemos sem a produtora saber e produzimos por conta própria. Esta foi uma decisão muito difícil mas ao mesmo tempo sentimos isso como uma coisa que precisávamos fazer para nós mesmos no momento.

Qual é a sua música favorita para tocar?
Eu realmente gosto de tocar ‘My Heroine’. Ela tem muita energia e é uma das nossas músicas mais barulhentas.

Qual é a coisa mais surpreendente que você já encontrou em sua carreira?
Ser capaz de viajar no exterior tem sido a experiência que mais me abriu os olhos. Ver o quão diferente e ainda iguais as pessoas são, tem sido uma ótima experiência e algo que eu nunca teria sido capaz de ver se não fosse por esta banda.

Crescendo, o que você queria ser quando ficasse mais velho?
Eu queria ser um skatista por muitos anos e quando eu comecei na música isso meio que tomou lugar. Desde que me lembro, eu tinha tido grandes objetivos para o que seja que eu estava fazendo no momento.

Para você, qual programa atualmente se deve assistir?
“Diners, Drive-in’s, and Dives”. Guy é o cara!

Para qual próximo evento você está mais ansioso?
Nós estaremos tocando nosso primeiro show em alguns meses próxima semana. Nós iremos para o Texas e Mexico e eu mal posso esperar para tocar para o público novamente. Isto é bem excitante.

Qual é a coisa mais louca que você fez durante a tentativa de ser descoberto?
Nós fizemos tudo o que foi preciso e ainda fazemos. Nós e nosso gerente marcamos nossas próprias tours, gravamos nossos próprios CDs e viajamos por todo o país tocando em shows e indo a shoppings e outras apresentações tentando promover a nossa música. Nós gastávamos e ainda gastamos incontáveis horas online conversando com as pessoas e contando a elas sobre nossas músicas e tentando divulgar.

Qual é o seu maior objetivo profissional agora?
Nós estamos finalizando nosso quarto álbum como eu disse, então o maior objetivo deste ano é a turnê e fazer o maior número possível de pessoas possível ouvir o álbum. Nós estamos muito orgulhosos das novas músicas e animados para todos ouvir.

Se você tivesse que mudar de caminho hoje, que profissão você iria ter?
Se eu tivesse que escolher eu seria um chefe de cozinha.

Que conselho você daria para alguém que está tentando entrar na indústria da música?
Eu diria que você só deve fazer isso se você realmente acredita no que você está fazendo e se divertir. Primeiro fazer a música que você quer e não o que você acha que vai vender e então, trabalhar duro para levar as pessoas a ouvi-lo. Nunca pense que as coisas vão simplesmente acontecer ou que alguém vai realizá-las para você. O trabalho árduo vai ser recompensado.

Qual seu vídeo do youtube favorito no momento?
Sporty. Qualquer coisa feita pelo ‘Kyle’ é incrível.

Qual é o melhor filme que você viu recentemente?
Sound City, o novo documentário que Dave Grohl dirigiu é um dos melhores documentários musicais que eu já vi. Ele realmente se encaixa com onde estou em minha vida musical no momento.

Qual é o melhor show que você já assistiu como um fã?
Fizemos um festival com o Foo Fighters e fomos capazes de assistir o show, que é de longe o melhor show que eu já vi em pessoa.

Você recebeu um surpreendente dia de folga. O que está em sua agenda?
Muitos e muitos “nadas”. Nós estamos sempre muito ocupados em turnê, então o dia de folga é a hora perfeita para apenas relaxar.

Se você estivesse no corredor da morte, o que você pediria para sua última refeição?
Eu acho que eu teria que ir com uma refeição caseira da minha mãe. Não sei o que seria, mas gostaria apenas de dizer-lhe para fazer o que quisesse.

Que música você não parar de ouvir no momento?
Nós estivemos no estúdio trabalhando em nossa própria música por um tempo então eu não tenho escutado muita música dos outros, mas o álbum Crooked Rain, Crooked Rain do Pavement tem tocado em meu iPod enquanto eu pego no sono.

O que te inspirou a fazer o que você está fazendo hoje?
O filme “That Thing You Do” é o que me fez querer tocar bateria e estar em uma banda.

Qual foi primeiro emprego que você teve?
Eu nunca tive realmente um emprego. Eu ainda tenho que preencher um pedido de trabalho, trabalhei para a empresa de buffet da minha mãe para pagar nossas gravações em primeiro lugar. Eu sou muito sortudo de ser capaz de me concentrar na música todos os dias.

Qual foi o primeiro carro que você dirigiu?
Eu tinha um Ford Explorer 1997.

Qual foi o maior momento de sua carreira até agora?
É uma coisa muito difícil de definir, essa aventura tem sido incrível e continua sendo todos os dias. Eu acho que o melhor momento é o presente, nós estamos sempre tentando nos motivar para que as coisas fiquem cada vez melhores.

 

FONTE